segunda-feira, 30 de agosto de 2010

O QUE TE FAZ BEM??

 O QUE TE FAZ BEM!

Pois é amores...   Ontem revi um filme pela enésima vez rsrsrsrs, chama-se HABANA BLUES, aliás, recomendo para todos que ainda não tiveram oportunidade, recomendo aos que já viram que vejam novamente e novamente e novamente rsrs.

Só para matar os primeiros instantes de curiosidade o filme se passa em CUBA e conta  a saga de dois amigos, músicos que tem que decidir entre seus sonhos e a realidade de suas vidas.   Contando assim, parece ser um drama comum, mas te convido vale à pena ver, ouvir músicas lindíssimas, composições que Ufffffff adoraria ter escrito as letras!

ESTE FILME ME FAZ BEM!

Me faz chorar, rir, sorrir, pensar, amar o que faço cada vez mais, amar meus sonhos!   
Já rendeu até uma música, que juntamente com meu Mano Felipe Barão fizemos para o T.R.O.P.A. Hip Hop.  

E para você Alma Linda!!!!!!  O que te faz bem, me conta?????

Filme Habana Blues (curte lá e depois me conta)

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

ALMA LINDA??????

Alma linda?



Não imaginariam nunca quantas pessoas me perguntaram e perguntam do por que as chamo de Almas Lindas, quantas pessoas já tiraram sarro disto e o melhor ainda, quantas pessoas adotaram este termo e criaram outros para curtirem junto a seus amigos.


Explico então:


Parte da definição de alma seguindo o site Wikipédia:


(não me atrevo a definir algo assim tão amplo, mesmo porque aprendo a cada dia o significado desta palavra)


“Alma é um termo que deriva do latim anǐma, este refere-se ao princípio que dá movimento ao que é vivo, o que é animado ou o que faz mover. De anǐma, derivam diversas palavras tais como: animal (em latim, animalia), animador, ...


A grande maioria das religiões, cristãs e não-cristãs, concorda em linhas gerais com esta definição. O conceito de uma alma imortal é muito antigo. De facto, as suas raízes remontam ao princípio da história humana.”


No meu humilde modo de ver a vida, a alma é o que temos de mais antigo, de mais precioso, de mais bonito e puro em nossa formação como raça humana. Creio e quero crer sempre que a maioria de nós “seres Humanos “ preservam em suas almas o bem, o bom, o respeito mútuo, o amor incondicional, simplesmente por não ter medo de sentir este sentimento.


Minha atitude, amigos e amigas é de colocar em meu caminho ações, palavras e pensamentos de uma corrente energética do bem, para que possamos contrabalançar nosso Planeta e para que posamos enfim respirar em paz e pela paz.


Então amigos, amigas ... Almas lindas, quando chamo alguém de alma linda, tenho em mim um profundo respeito, amor e orgulho de estar falando com a pessoa e ao mesmo tempo humildemente enviando energias boas e desejando que ao redor desta pessoa sempre haja pessoas com Almas Lindas!


Nossa beleza maior está por dentro de nós.


Um grande beijo na Alma


Tuka Villa-Lobos

video


video

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

SWEET MEMORIES



Bem... Promessa é dívida - já dizia minha avó, então vamos matar a saudade de alguns momentos.


Primeiro vamos definir saudade... Será que para todas as pessoas esta palavra faz o mesmo sentido? Provoca os mesmos sentimentos? Imagino que não, almas lindas.


Tem gente que acha que reviver alguns momentos é fincar os pés no passado e, cá entre nós não suporto a idéia de viver do passado, de fincar os pés lá e esquecer que temos dias pela frente, muitos coisa para aprender.


Mas putzzzzz, amo lembrar algumas coisas, curto falar com minhas filhas, que já são mulheres feitas e já a caminho de seus sonhos, relembrar alguns momentos de curtição que fizeram a diferença em meu caminho.


Todo mundo, algum dia, em algum momento já passou por isso, não somente uma, mas algumas boas vezes.


O momento que fez diferença em seu caminho, que por alguma coisa que tenha acontecido de bom ou até mesmo de ruim, fez com que vc decidisse, de uma vez por todas, o que queria da vida.


Bem, passei por alguns destes momentos, alguns muito bons, outros nem tanto e poucos muito ruins, mas estes, os muito ruins, dou graças a Deus por te-los sofrido, assim pude crescer como ser humano. E quanto aos outros, os bons rsrsrs, bem lá vai o primeiro deles aqui:


Dez anos de idade, talvez doze, minha memória não é tão exata assim, sempre fui gordinha e maior do que outras crianças, isso não fez com que eu me recolhesse, sei lá, me defendia como podia das atitudes idiotas que ainda permanecem na sociedade que é de açoitar as pessoas só porque não são belas aos seus olhos... RS Ok um dia cresceremos.


Mas estava eu vendo como fazer para permanecer viva nesta selva, quando um convite bem interessante pintou... Um show de talentos, daqueles de feira de ciências das escolas (aliás o Ítem Feira de ciências será um capítulo à parte neste caminho de saudades, pois aprontei para caramba!)


Resolvi fazer o que meu espelho sempre me diz que eu fazia legal que era cantar, dublar e dançar... Lá fui eu...


Na época me identificava com uma melodia e letra de Syivinha Araújo... Bem claro, devia estar apaixonada, mas por quem? Não me perguntem, pois não lembro de modo algum, mas a música rsrsrsrs bem esta eu nunca esqueci.


Eis a letra:


Minha primeira Desilusão
Sylvinha Araujo
Composição: Silvinha

Eu sou tão menina pra me namorar
Então por que será que eu fui gostar
De um menininho tão mal pra mim?


Ah!eu vou crescer para poder amar
Vou fazer força para não chorar
Daí talvez ele olhará pra mim


Não pense que eu sou acanhada
Eu estou enamorada
E sou capaz de confessar


Então dou uma piscadinha
Canto uma musiquinha
Baixinho pra poder lhe conquistar


Mas ele nem percebeu enquanto eu cantava
O imenso amor que lhe dedicava
Nas entrelinhas da minha canção


E eu fui andando enquanto que chorava
O gosto amargo esperimentava
Da minha primeira desilusão




Eis a música:

http://www.4shared.com/audio/DXfBxPwq/15_-_MINHA_PRIMEIRA_DESILUSO_-.html



E rsrs bem a prova cabal deste momento – a foto !








O que esta música fez em meu caminho?


Lá estava eu, pronta, preparada para dublar e dançar uma verdadeira imitação de Sylvinha, um ícone para mim, para interpretar a que custo fosse... A música começou a tocar, ouvi a voz super deliciosa de Sylvinha e... Bem... Não me contive, ao invés de dublar ousadamente cantei em cima, como fazia todos os dias para o meu fiel escudeiro espelho, cantei numa segunda voz, acabei fazendo o dueto com o Play Back, interpretando do meu modo a música e, quando saí daquele palco , levei um troféu super simpático para casa, mas meu maior troféu foi saber que daquele dia em diante aquele seria um de meus sonhos. ...Cantar. (aos dezesseis já cantava profissionalmente)


Os mais velhos vão curtir, relembrar ou até conhecer algo que não conheciam, aos mais novos e a todos dou total direito de rirem e acharem brega, coisa e tal rsrsrs, não importa amores... Importa sim o momento, a história que se fez naquele instante.


E você, tem um momento destes para contar? Vem trocar idéias aqui comigo contando seu momento, seja ele qual for!


Beijo na Alma!


Tuka Villa-Lobos